Índia estendeu a proibição geral de voos internacionais até agosto, anteriormente prevista para acabar em julho, nenhuma companhia aérea foi autorizada a operar voos internacionais. Apesar que entidade tenha dito que os serviços seriam analisados caso a caso

De acordo com o portal Simple Flying, o governo indiano estuda permitir voos internacionais por meio dos acordos de “bolhas de viagens”, em que as pessoas poderiam transitar entre os países livremente. Essa possibilidade tem sido discutida desde o final de junho, mas ainda nenhum acordo foi feito.

PROPAGANDA 

Air India 3
Mumbai, India 

“Estamos trabalhando em um consenso para reiniciar os voos internacionais por meio das bolhas de viagens. As negociações estão ocorrendo principalmente entre a Índia e Estados Unidos, Canadá, Europa e países do Golfo”, afirmou o presidente da Autoridade Aeroportuária da Índia (AAI), Arvind Singh.

A União Europeia proibiu voos da Índia devido à sua alta taxa de infectados por covid-19. Em relação aos voos domésticos, o governo permitiu que as companhias aéreas aumentassem suas operações para 45% da capacidade original.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS PUBLICAÇÕES, NOTICIAS E PROMOÇÕES EM SEU EMAIL

DEIXE SUA OPINIÃO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui