A linha de cruzeiros italiana Costa Cruzeiros anunciou que cortará temporariamente os salários de 15% dos membros da tripulação atualmente a bordo dos navios. Os cortes salariais fazem parte de um plano para preservar os empregos de todos os funcionários em terra e a bordo. Para alcançar este objetivo todos os colaboradores da Costa terão de dar a sua contribuição pessoal, pois a empresa se prepara para reiniciar os cruzeiros em setembro com o Costa Deliziosa em Trieste e o Costa Diadema em Génova.

Em carta distribuída entre a tripulação, a empresa disse que o impacto da crise global foi além do que se poderia prever inicialmente. Portanto, a indústria de cruzeiros e a empresa foram severamente atingidas pela longa pausa nas operações. Todos os diretores sênior em terra reduziram seus salários e doaram à empresa uma cota de suas férias remuneradas.

PROPAGANDA 

A gestão de bordo e a tripulação, como parte do One Team, também serão solicitadas a fazer sua parte na redução temporária do salário para este fim

13619349A Costa Cruzeiros está confiante de que a tripulação compreenderá e aceitará esta decisão para o benefício de todos os colegas, acrescentando que há muitos desafios pela frente, mas se todos unirem forças e trabalharem como uma equipe, a empresa estará de volta mais forte do que antes.

Fonte: Crew center

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS PUBLICAÇÕES, NOTICIAS E PROMOÇÕES EM SEU EMAIL

DEIXE SUA OPINIÃO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui