A Azul Linhas Aéreas anunciou ontem que recebeu uma proposta de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social no valor de dois bilhões de reais (US $ 376 milhões). Agora, a operadora de baixo custo está analisando os termos da proposta.

Quais são os termos do empréstimo?

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) mantém negociações com companhias aéreas brasileiras quase desde o início da pandemia COVID-19. No entanto, seis meses após o início da crise, o empréstimo ainda não foi finalizado. Agora, parece haver um passo em frente.

PROPAGANDA 

O empréstimo teria três credores principais: o BNDES, um sindicato de bancos e investidores qualificados. Então, como isso funcionaria?

“A Proposta prevê oferta pública de instrumento financeiro híbrido com objetivo de arrecadar, no mínimo, dois bilhões de reais.” O instrumento financeiro híbrido consiste em debêntures simples e bônus de subscrição, com prêmio e preço de exercício ainda não definidos.

A Azul afirmou ainda que o BNDES seria o investidor âncora e subscreveria até 60% da oferta. Assim, os Bancos podem dar uma garantia firme de 10% da licitação. Por fim, “o saldo remanescente deve ser levantado com investidores qualificados por meio de oferta pública”.

A Azul aceitará o empréstimo?

A Azul vê sua posição de caixa como mais robusta do que o esperado inicialmente. Por isso, o Conselho de Administração vai discutir a proposta recebida do BNDES, e outras alternativas de captação de recursos, afirmou a companhia aérea.

PROPAGANDA 

Marcelo Bento Ribeiro disse que, embora o empréstimo do Estado seja bem-vindo, a Azul não depende 100% dele para sobreviver. “Temos outras alternativas ao resgate”, disse ele, acrescentando que a empresa sobreviveu sem esse dinheiro.

Existem algumas semelhanças entre a Azul e a Volaris no México. Ambas as empresas parecem estar bem na crise atual. Eles estão em um clima de expansão apesar da incerteza, como podemos ver com o lançamento do Azul Conecta. Tomar um empréstimo do Estado poderia prejudicar esses planos, pois haveria muitas amarras vinculadas a ele. Portanto, podemos esperar que a Azul examine outras propostas financeiras.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS PUBLICAÇÕES, NOTICIAS E PROMOÇÕES EM SEU EMAIL

DEIXE SUA OPINIÃO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui