A American Airlines é a mais recente empresa aérea internacional a retomar voos ao Brasil em meio à pandemia da Covid-19.

O serviço entre o Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU), em São Paulo, e o Aeroporto Internacional de Miami (MIA), marcando o retorno dos voos com passageiros da empresa aérea agendados entre o Brasil e os Estados Unidos desde as restrições de viagem impostas em março, em virtude da covid-19.

PROPAGANDA 

A rota foi cumprida pelo Boeing 777-300ER de matrícula N734AR, com capacidade para 318 passageiros em quatro classes de serviço.

Segundo aprovação de voo indicada no sistema da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), até a semana que vem os voos têm programação de pouso no GRU Airport às segundas e sextas-feiras, sempre às 5:15, com decolagens às 22:00 do mesmo dia.

“Como a principal empresa aérea dos EUA no Brasil, nós entendemos a importância do papel que exercemos durante momentos críticos como este que vivemos agora. Além de ajudarmos a conectar comunidades, nós também estimulamos as atividades econômicas e a recuperação da economia”, declara Alexandre Cavalcanti, diretor comercial da aérea no Brasil

238334 970x600 1

A partir do próximo dia 18, no entanto, a operação já volta a contar com um voo diário, mantendo os mesmos horários de chegada e partida, e o mesmo modelo de aeronave, o Boeing 777-300ER.

PROPAGANDA 

Não há programação para voos entre outras cidades norte-americanas e brasileiras nas próximas semanas. Espera-se que algumas outras rotas da companhia aérea sejam retomadas apenas por volta do final de outubro.

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS PUBLICAÇÕES, NOTICIAS E PROMOÇÕES EM SEU EMAIL

DEIXE SUA OPINIÃO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui